O medo

TENHA MEDO DO QUE O GOVERNO PODE FAZER COM VOCÊ. NO BRASIL GOVERNAR É SATISFAZER NECESSIDADES FISIOLÓGICAS.

31 de mar de 2009

AS FACETAS DE DILMA


Dilma já foi deusa da Guerrilha Urbana, é mãe do PAC, chefe da Casa Civil da Presidência da República Calamar e musa do plano "Minha Casa, Minha Vida". Com mais duas plásticas, será Miss Brasil 2010.

REPÚBLICA DOS CALAMARES

SEU DIA
Ei, você aí! Aquele abraço. O dia 1º de abril é todo seu.

PACtóide
E então, depois de tantas inaugurações de promessas de obras do PAC e do PACote de ilusões da casa própria, Aécio Neves aparece nas pesquisas atrás de Dilma. Bem-feito! Quem mandou ele não fazer plástica?!? A propósito, Dilma é candidata a candidata à Presidência da República ou a Miss Brasil 2010?!? Mais duas
plásticas iguais à última e ela chega lá.

QUEDAS
Caiu a popularidade de Lula. Caiu também o saco do brasileiro pelo peso da fanfarronice. Ninguém consegue enganar a todos o tempo todo.

A HISTÓRIA OFICIAL
Vendo-se o que Dilma faz e ouvindo-se o que ela diz, é impossível acreditar-se na sua biografia autorizada. Quem sofreu o que ela espalha que sofreu nas mãos de um poder, não pode dizer o que diz, nem fazer o que faz para ser o próprio poder.

DEMOCRATURA
Qualquer democracia corre o risco de ser governada pelo crime organizado. No Brasil, o pior ainda está passando.

TRAÍRAS
A República dos Calamares é um mar de traíras. Nuncanessepaís tantos traíram a tantos num só governo de duas gestões. O Brasil é uma rede de anzóis. E o populacho morde a isca.

PAI E MÃE
No Brasil Dilma é agora a Mãe do PAC; Cesare Battisti era o Pai do PAC na Itália.

PACtóide HABITACIONAL
A promessa de um milhão de casas feita semana passada pelo governo é um arremedo do que, um dia, foi feito pelo BNH. Vá na Caixa você também e tente cadastrar-se. Vai ouvir apenas que o plano está na mão dos prefeitos e governadores que, apresentarão seus projetos de conjuntos habitacionais. Esse milhão de moradias está na mão de quem sempre esteve, a Construção Civil. Logo que um aglomerado de casas estiver pronto, você vai poder fazer ficha e entrar na fila. Uma questão de QI. Há só mais 999 mil nessa procissão de fé.

MINHA CASA...
Ninguém conseguiu ainda se cadastrar para realizar o sonho da casa própria. É que se trata da “Minha Casa, Minha Vida”. Bolas se é minha, fim pros paus. É minha e pronto!

POBRETÃO FELIZ
O Brasil na Cúpula do G-20 lá na Inglaterra é o verdadeiro piolho de rico branco de olhos azuis.

CONTÁGIO
A crise que abala a popularidade de Lula é a Dilma. Cada vez mais a população está vendo que um é a cara do outro. Prepotência pega.

CPI DOS HONESTOS
Só falta agora o Senado instalar a CPI dos Honestos. Cinco ou seis senadores - se tantos - serão intimados a explicar as razões para o digno comportamento dessa esmagadora minoria. Os seis serão cassados.

SEM SAÍDA
Política e futebol se misturam e o Brasil não tem saída: tira Dunga, bota quem; sai Lula, entra quem?!?

DOSE CERTA
Remédios podem subir até 5,9%. Grande coisa, a popularidade de Lula baixou quase 20%.

PIADA DE SALÃO - Quem é PT entende o PT. Agora, Zé Dirceu manda avisar que o partido não pode aplicar uma “pena medieval” em Delúbio Soares que já pediu para se reinscrever nas fileiras que um dia abandonou às pressas. Bem que Delúbio avisou: “dentro de um ano, isso tudo vai ser piada de salão”. Cá pra nós, querer voltar para a vitrine é burrice. O melhor é ficar na surdina, gerenciando uma lavanderia daqui, outra dali, só para garantir a higiene das cuecas partidárias. Não há sinais palacianos que garantam que é quando lê esse tipo de notícia que Lula tem azia. No cidadão comum, provoca mal-estar e dor de cabeça. No caso de persistirem os sintomas, o Sanatório da Notícia recomenda que você faça como o Chico Buarque: - Chama o ladrão! Chama o ladrão!

CÂMARA & CASCUDOS - Ala Marcelo Câmara

A MODA BURRA NAS ACADEMIAS

As opiniões expostas na matéria Na sintonia das batidas perfeitas, sobre música nas academias de ginástica, publicada na edição de domingo, 15.3.2009, do jornal O Globo, são uma reunião de frivolidades, ditas por gente que não conhece, se nega a estudar o assunto ou se encontra, patológica e comercialmente, engajada numa moda generalizada, burra, tola e nociva. O barulho de um motor de caldo de cana, quase sempre ensurdecedor, denominado “música”, nas academias, é uma prática insana, maciça, predominante em todo País. Uma droga perturbadora, adotada sem prescrição médica, sem nenhum fundamento técnico ou base científica. (Foto: Ag.Senado)

Cada indivíduo tem o seu próprio ritmo orgânico e mental, cada exercício tem, também, o seu próprio ritmo e determinado exercício praticado por determinada pessoa tem um terceiro ritmo. Não existe uma música ritmada que marque todos os exercícios aeróbicos e de musculação de todas as pessoas, dentro ou fora piscina.

Ginástica exige atenção, disposição, concentração e realização responsável, sintonia, ritmo, harmonia entre mente e corpo, orientação, obediência às regras da sua execução. Esse som que transforma academia em boate de meretrício e botequim desprezível, com cerveja quente e música alta, apenas aliena o indivíduo de si mesmo, afasta o praticante da ginástica do seu exercício, dispersa os sentidos, o desconcentra, “distrai” como admite um dos entrevistados, quando a sua mente, o seu corpo, postura, respiração, todos os sentidos deveriam estar dirigidos e empenhados no próprio exercício.

O barulho na academia, que os seus adeptos chamam de “música”, e geralmente da pior qualidade, só faz entorpecer e imbecilizar ainda mais os alunos de academia. Música é uma arte para ser ouvida, tocada ou dançada em lugar e momento apropriado. E música-ambiente ritmada não se adéqua a um lugar multidisciplinar, onde diversas pessoas devem estar concentradas, executando as lições de diversos exercícios com diversas durações e de diversos ritmos, alguns alongando músculos e tendões, outros em práticas aeróbicas (esteira, bicicleta etc.), e terceiros fazendo musculação.

A rigor, a princípio, em tese, nenhuma música – de excelência, mediana ou ruim, popular, folclórica ou erudita – deveria estar em espaço multidisciplinar, plural, de academia alguma. A música era, outrora, seletiva e específica marcando os pontos dos exercícios da milenar calistenia, da ginástica de solo clássica, com ou sem halteres, barras e bastões, e hoje, também seletivamente, pode fazer parte dessa ginástica marcada, e, ainda, da ginástica artística e de certos exercícios da ginástica olímpica.

Os compêndios e manuais clássicos da matéria, os livros de Educação Física e de Ginástica de autores de prestígio internacional, editados nos EUA, na Europa e Oriente, recomendam a prática da ginástica sem música.

Entre nós, o consagrado Nuno Cobra orienta no mesmo sentido. A música ouvida por um atleta individualmente no seu treinamento, e na ginástica, também individualizada de uma pessoa, é válida, estimulante, até útil, necessária. Da mesma forma, um grupo praticando exercício único, coletivo, ritimado, com um guia, professor ou orientador, tem na música um auxiliar didático-pedagógico válido, importante.

“Eliminar o baticum irracional e torpe das academias parece impossível, a reação contrária é quase absoluta” – justificam-se os professores. Quando, milagrosamente, a aparelhagem de som pifa e os sons e ruídos são apenas das pessoas, professores e alunos, já ouvi algumas pessoas, uma minoria, é claro, exclamarem: “Que bom sem música, parece que tudo sai melhor, com mais acerto e rendimento...” Mas estamos numa democracia, o regime das maiorias que crucificaram Cristo, glorificaram Hitler e elegeram, duas vezes, Bush. E, infelizmente, enquanto não prevalece a razão, reina “o melhor critério”: o das maiorias, mesmo que insanas.

O escapismo irracional do falso bordão “gosto não se discute”, e se discute sim, em todos os campos do pensamento, da arte e do comportamento humano; e a resposta vazia e irresponsável dos donos de academia e seus professores “Não se pode agradar a todos, cada um tem um gosto...” – apenas confirma a asneira segundo a qual o aluno de academia é quem deve determinar o que deve ser feito e como deve ser feito. Seria como um paciente dizer ao médico que quer tomar tal remédio, fazer tal terapia, durante o período “x” e na forma “y”.

O barulho nas academias é um instrumento a transformar alunos de educação física em consumidores tontos, alienados e dóceis, que cumprem séries de exercícios sob intenso e desconcertante barulho, suam, falam alto para serem ouvidos, suam mais um pouco e vão para casa esgotados, meio surdos, certos de que fizeram bem ao corpo, à mente, melhoraram a saúde.

Realmente, apenas e literalmente, “malharam”, agrediram bastante o corpo, se esgotaram, como estivessem num trânsito engarrafado, sob um buzinaço. Mas não praticaram ginástica de forma inteligente, segura, responsável e saudável.

Marcelo Câmara
E-mail: ilhaverde@ilhaverde.net
website: http://www.ilhaverde.net/

RODAPÉ -Ei, Marcelo! Em Brasília acaba de ser inaugurada na parte mais nobre da Asa Norte, uma academia dessas, com toda pompa e circunstância. Fica de frente para o Parque Olhos d'Água, um dos espaços mais corretamente ecológicos da Grande Ilha. Os malhadores de elite ficam patinando suarentos sobre esteiras, com olhares perdidos nos aparelhos de TV, enquanto a plebe desfruta, de graça, lá no parque o mais puro ar da natureza.

30 de mar de 2009

VAMOS PEGAR O PERU!

Neste fim de semana, não houve como escapar das classificatórias para a Copa do Mundo na TV. A Argentina meteu 4x0 na Venezuela, um dos melhores times de basebol das Américas. E não deu também para deixar de reparar: Carlito Tevez é o pavor dos zagueiros. E o terror das criancinhas. Pelo menos a sala ficou vazia e a gente pôde se concentrar na telinha.

Aí veio todo mundo fazendo 2x0 em todo mundo até que o Brasil de Dunga entrou em campo, num estádio equatoriano que tem um pavilhão exclusivo exclusivo que atende pelo nome de Concentración Deportiva de Pichincha.

E foi por ali mesmo que o time brasileiro começou a barganhar para Deus e todos os santos que aqueles atacantes do Equador não abrissem os olhos na hora de cabecear aqueles 20 cruzamentos feitos só no primeiro tempo.

Nuncanessepaís, uma Seleção brasileira apresentou tantos e tão modernosos cortes de cabelo. Afora isso, não mostrou mais nada. Nem a camisa do Dunga chamava a atenção do distinto público.

Aí, a gente começou a ver as peripécias dos laterais – Daniel Alves e Marcelo – que saudade do Cafu e do Roberto Carlos! Os dois, de bengala, jogam mais que esses pernas-de-pau.

E a bola corria. O Brasil fez de tudo para perder o jogo. Por sorte, o Equador fez muito mais. O empate foi injusto: o Brasil merecia ter vencido esse verdadeiro perde-ganha.

O jogo serviu para mostrar que Dunga é tão ruim quanto Luxemburgo, mas ainda assim a campanha de Dunga é melhor do que aquele desastre do Luxemburgo quando passou pela CBF como um dos seus melhores empresários e piores treinadores.

Há justificativas, no entanto, para a pífia atuação do Brasil: Quito é uma cidade muito alta; o gramado era ruim e quem provou sabe disso; a torcida era toda deles; o Ronaldinho Gaúcho está gordo; o cabelo do Luís Fabiano atrapalhou Robinho; Robinho está de mal com Pelé; a seleção do Equador é muito forte; Gilberto Silva, Elano e Felipe Melo formam um meio-de-campo genial; o Kaká teria sido o melhor em campo; Neimar aquele menino-prodígio do Santos ficou em casa; eles cantaram melhor o hino nacional do que nós; o Pato pagou o pato; os comentaristas de São Paulo não conseguiram escalar o nosso time; a concentração em Guayaquil não se compara com a Granja Comary; o Maradona é técnico da Argentina; Dunga e Jorginho não chegam aos pés de Parreira e Zagallo; o Dunga não bebe, não fuma, nem nunca jogou; o Felipão continua de folga na Inglaterra.


Mas, nem tudo está perdido. Estamos prontos para quarta-feira. Os gaúchos, enfim, vão ver de perto Dunga pegar o Peru. E daí pra frente tudo poderá ser diferente. A grande novidade é que, pela primeira vez, poderemos ir para a repescagem e até ficar fora da Copa. O resto é o resto, tá tudo dominado: Dunga deixa bem claro que quer deixar o Peru de fora; a gauchada vai ver de novo o goleiro Júlio César ser o melhor em campo; verá também que quando o Brasil endurece o Peru é moleza; Kaká promete que vai botar o Peru no devido lugar; Dunga já sabe que o melhor do Peru é quando ele se enfia pelo meio; vamos todos tirar a dúvida atroz – será que a gente agüenta o Peru?!?

28 de mar de 2009

CRIME ORGANIZADO

LARGADA
Repressão ao crime organizado é destaque na pauta de votações do Senado. Adivinha por onde se deve começar...

SEM MOTIVO
Outro dia, no caminho entre o salão verde e o azul do Congresso Nacional um senador falou para um deputado que estava preocupado com a sua honra. Que bobagem.

O LADO BOM
A crise está chegando aos bares e restaurantes. Aos poucos o hábito religioso da happy hour está acabando. Esse lado bom da crise a oposição não vê: o fígado dos brasileiros está ficando mais saudável.

CPI URGENTE
O que é que esses deputados e senadores da oposição estão fazendo que ainda não mandaram abrir a CPI da Gente Branca de Olhos Azuis?!? Convoca o presidente e faz uma acareação com essa caterva. A crise tem que acabar.

LANÇAMENTO
Roberto Carlos está querendo fazer mais um show em alto mar. É provável que inclua “Emoções” no repertório.


PT ÓRFÃO
Furo de Mercadante: “O PT está unificado com Dilma”. E o PT é besta de contrariar Lula, o Pai dos Pobres? Inda mais quando o assunto é a Mãe do PAC. Sem Lula e sem Dilma, o PT fica sem pai nem mãe.

PLÁSTICA
A secretária lá da agência, estava vendo a Dilma prometer mais uma obra do PAC e se admirou: - Como brilham os olhos dela... A repórter a seu lado foi lépida e faceira: - A cara toda está brilhando. Deve ser o reflexo.

IMPASSE
O Senado está demorando em demitir mais diretores porque ainda não foi criada a Diretoria de Demissões dos Diretores. O diretor que entende do assunto está de férias.

27 de mar de 2009

SÉRIE "MINHA CASA, MINHA VIDA"

Da Série “Minha Casa, Minha Vida”: castelo de Edmar Moreira, mansão de Agaciel Maia, palácios do Planalto, do Jaburu, do Buriti, Castelo de Areia... Este é o capítulo “Suas Casas, Suas Vidas”.


NUNCANESSEPAÍS
“Minha Casa, Minha Vida” é demais. Janete Clair está se revirando de inveja. Nuncanessepaís se teve uma novela com um título tão atraente e sugestivo.

QUIÉ ISSO, CUMPANHÊRO?!?
Essa coisa de dizer que a crise foi criada por quem tem a pele branca e olhos azuis é tão curta e grossa, quanto achar que se pode reduzir o sonho de todo cidadão trabalhador a uma moradia. Quié isso cumpanhêro, “Minha Casa, Minha Vida”? E meus filhos, minha família, meus amigos, meus conhecimentos?!? A casa é só mais um espaço na vida. O brasileiro, mesmo aquele que vive em barraco, em favela, em palafita, precisa e merece mais do que isso.

SE A CASA CAIR... “Minha Casa, Minha Vida”?!? Já tem gente na oposição torcendo para as paredes desabarem. O NOME O nome desse programa deve ser uma alusão ao fato de que, o cara vai comprar a casa e vai pagar pelo resto da vida.

METE O PÉ
Rubinho Barrichello, meteu a mão com a imprensa e disse que está com “a faca nos dentes” para esta temporada de Fórmula-1. Só falta andar com o pé na tábua.

VAI PRESO
CPI dos grampos aprovou a acareação de Daniel Dantas com o juiz De Sanctis. É bom o magistrado encomendar cigarros.

CREDIBILIDADE
Que coisa, alguém ter que depor numa CPI do Senado. O negócio não é chegar lá e dizer tudo que sabe; é perguntar o que é que os senadores andam fazendo que a gente não sabe.

CONCORRÊNCIA
Sem citar nomes, Lula pediu em solenidade lá na Polícia Federal o fim da pirotecnia nas operações. É, do jeito que a coisa vai, o governo vai acabar ofuscado em matéria de escândalos para a ladroagem comum. Isso não pode acontecer de jeito nenhum, ainda mais que 2010 está chegando.

RODAPÉ
Olha aí só um rodapezinho: além das horas extras, os funcionários do Senado receberam cerca de R$ 84 mil em “ajuda de custo”.

NOVA OPERAÇÃO

O PT não apareceu no rescaldo de mais uma jornada pirotécnica da PF com a Operação Castelo de Areia. O partido deveria mandar fechar imediatamente a Camargo Corrêa. Foi a única das grandes empresas do país que não fez doações para o PT. Ou o PT acaba com isso, ou a PF logo vai ter que realizar a Operação Barraco Espalhado e investigar todas as que foram boazinhas com os oligarcas e aloprados por essas eleições afora.

26 de mar de 2009

A REFORMA DO GOVERNO LULA

Porque tem a mão, o engenho e a arte de Oscar Niemeyer a reforma do Palácio do Planalto, vai custar 40% a mais do que é o preço normal de mercado em Brasília. Coisa de quase R$ 4 mil o metro quadrado. A obra está orçada em mais de R$ 93 milhões. determina a lei, no entanto que, ao correr da obra, o contrato pode ter um acréscimo de até 50% sobre seu valor inicial. Traduzindo do português para o português: se ficar por R$ 150 milhões, tá pra lá de bom. Com certeza será a primeira obra entregue pelo Programa "Minha Casa, Minha Vida". (Foto: R.Stuckert/PR)

PACtóide


É como diz o mineiro Edmar Moreira:
"Minha Casa, Minha Vida"!

SEM AMARRAS

Dilma confirma para a imprensa: "Nem amarrada eu digo que sou candidata à presidência da República". Ela se consagra hoje apenas como ministra-chefe da casa Civil, Mãe do PAC e poste preferido de Lula para 2010. Pode ficar tranqüila, nessa democracia brasileira, não há um só vivente querendo amarrá-la. Pelo contrário, está assim de gente querendo mais é que ela fuja.

PERPÉTUA NACIONAL

Portal Globo.com: Dona da Daslu pega mais de 90 anos de prisão. E completa, ainda falando de Eliana Tranchesi: Com câncer, empresária não resistirá. Até parece que aqui todo mundo cumpre pena integral. O dia que houver prisão perpétua no Brasil, ela será de vinte anos. Para os pobres. Perpétua para rico será domiciliar e por cinco, seis meses.

REPÚBLICA DOS CALAMARES

HÁ VAGAS
Já que a crise não é mais apenas “deles lá” e a onda também não é só uma “marolinha”, o governo faz de tudo um pouco – que fazer muito já é demais – para não afundar nas águas tépidas do seu ousado otimismo. Mais do que ser um salva-vidas do social, Lula mergulha de cabeça no sonho popularesco da casa própria. Vai criar, numa braçada de mágica, pelo menos meio milhão de empregos no mar de rosas de um milhão de moradias. Espera-se que não sejam palafitas, porque os bolsa-residenciáveis não têm espaço em terra firme. Nesse meio tempo, quem tem diploma e filhos na canoa furada de uma universidade, procurem no cais desse porto seguro que o governo aponta, o primeiro mestre-de-obras. Faça isso logo, enquanto ele ainda tem vagas para pedreiros e auxiliares.




UM LIVRO SÓ

MEC quer vestibular unificado para as universidades federais. Será que esse ministro Fernando Hadad é dono de cursinho?

BALA COM BALA
Essa geração dos Anos-70 pra cá não prestou e não presta. Os bons são exceção. Acabam vitimados por seqüestro-relâmpago ou por bala-perdida. É Uma geração que perdeu os referenciais da humanidade. Pobre rouba de pobre; bandido estupra bandido; polícia mata polícia. Está organizada nos becos, nos bancos, no tecido social, nos organismos de defesa da população, nas ONGs fajutas, nos poderes constituídos. Essa geração nos manda e nos comanda. É dona dos nossos destinos, de nossa vida e morte. Para ser moderna ela precisa ser educada à moda antiga: polícia prende bandido; governante governa; polícia prende bandido. Essa geração precisa levar um choque de transformação social. O nome disso é Revolução. Bom que fosse apenas de costumes.

DUNGA ESTÁ CERTO
E os caras ainda querem criticar as convocações de Dunga. Bem faz ele trazer só os caras que jogam lá fora. Aqui, Ronaldão tem 20 quilos a mais de futebol que os outros, Marcelinho Caricoa dá show de bola no campeonato paulista e Edmundo faz falta ao futebol carioca.

EVACUADOS
Arrozeiros têm até 30 de abril para deixar Raposa Serra do Sol. O ministro Ayres Brito. Do Supremo, não acredita em resistência por parte dos não-índios. Mas, por via das dúvidas, a Força Nacional e a Polícia federal vão ficar por lá até que haja a evacuação. Está tudo bem. Mas, quando é que o ministro vai dar prazo para os índios abandonarem o resto do Brasil e se socarem todos lá na Raposa Terra do Sol?!? Isso é que é evacuar no Brasil.

PT INVESTIGADO
Deu em todos os jornais: PT pode ser investigado por doações da Camargo Corrêa. Era só o que o PT queria nesse início de ano. Já não sabia mais o que fazer com as cuecas dos oligarcas.

MINHA CASA
Lula lança o programa “Minha Casa, Minha Vida”. Não se trata da Casa Civil, mas a Mãe do PAC estava lá. Tudo parecia ser o que é: um pactóide.

DIZ QUE DISSE
Zé Dirceu diz que Lula pediu para Zé Dirceu embrenhar-se na campanha de Dilma. Zé Dirceu não diz que Lula disse que Zé Dirceu seria o Pai do PAC.

FENÔMENO
O pessoal já está achando que é um fenômeno: Ronaldo e Adriano estão no Brasil e ainda não saiu nenhuma notícia de que tenham sido encontrados em alguma balada.


TINHA QUE SER

Não é por nada, não, mas para o Brasil pegar o Peru tinha que ser em um estádio gaúcho?!?



TARADO

Em Jundiaí, namorado de avó é suspeito de pedofilia. O cara é tarado total. Usa um peso em duas medidas. Na cadeia vai usar anel de barbante e virar mulher de bandido. Mal pode esperar.

24 de mar de 2009

NO MUNDO DA LUA


E acabou a lua-de-mel de Lula com os 5.500 prefeitos que tiveram um caso sério com o governo em Brasília. Como todo affair sem amor de verdade, o ronca-e-fuça caiu na rotina.

REPÚBLICA DOS CALAMARES

Se a Carteirinha do Torcedor acabar com a violência nos estádios, logo o governo implantará a novel Carteirinha do Blindado para a gente andar nas ruas sem levar bala-perdida.

BANHO DE CARTEIRA - O ministro do Esporte quer nos enfiar a Carteirinha do Torcedor para acabar com a violência nos estádios de futebol. Aguarde, vêm aí a Carterinha do Banhista para andar no sol de Copacabana e Carteirinha do Craque, para passear em paz na Cracolândia, em São Paulo.

DIREITO DO TORCEDOR - Com a Carteira do Torcedor, o usuário pode comprar quanto quiser de tapióca no bar dos estádios. À vista.

COMPRE MAIS - O governo acabou com a crise de demissões que assola o país. Aumentou o prazo do seguro-desemprego. Pronto, o pessoal já pode escutar de novo o presidente e sair por aí comprando outra vez.

BANCA - Depois de bancar o Rubinho Barrichelo - "O Brasil foi o último a entrar e será o primeiro a sair da crise" - Lula agora bota banca como Cazuza: "O pior da crise já passou"... Exagerado!

TÉRTIUS - Entre parecer Rubinho ou Cazuza, Lula prefere ser o deus brasileiro: "O Brasil vai ter um crescimento extraordinário". Tomara que não seja igual ao Natal e seu day after.

BAD COMPANY - Hoje, ministérios e ONGs acima de qualquer suspeita têm um calcanhar de Aquiles: a comunicação social. É por ali que escorre a sangria deslavada do dinheiro sujo.

TRABALHADORES - Os senadores adoram o trabalho. São capazes de passar o ano inteiro vendo os diretores trabalhar.

CADEIRA CATIVA - O folclórico e competente técnico Brandão, treinava o Botafogo e, um dia, cansado de ver Garricnha driblar invariavelmente seus adversários antes de cruzar para alguém fazer o gol, colocou uma cadeira na lateral esquerda. Garrincha dominou a bola no meio de campo, passou por dois, foi em direção à cadeira, deu-lhe o drible da vaca e cruzou para Quarentinha marcar de cabeça. Brandão manteve a cadeira no lugar; manteve o emprego e manteve Garrincha no time. No Senado é assim, mesmo sem fazer nada, diretor se mantém como titular absoluto. Tem cadeira cativa.

MAIS UMA SOLUÇÃO - Em São Paulo, os flanelinhas estão brigando entre si por domínio de pontos de trabalho nos estacionamentos públicos. Até que enfim alguém vai acabar com eles.

SEM PERDER O SONO - O papa é contra o uso de camisinha. Por isso, caiu o índice de sua popularidade junto aos mais chegados a um pulinho de cerca. Benedicto XVI nem vai dormir de tão preocupado. Seu mandato é vitalício; não depende de eleitores.

COPÁZIO - O presidente do Santos jogou um copo de plástico na torcida do Corínthians. O torcedor atingido não ficou ferido, mas já tomou cinco banhos de ducha com detergente e o cheiro de urina não sai de jeito nenhum.

FORA DE MODA - Guerra de policiais e traficantes em Copacabana resulta em cinco mortes no fim de semana. O Rio de Janeiro está cada vez mais fora de moda. Só o carioca não vê: a onda agora é polícia perseguir polícia. Qualquer dúvida disque 0800-Protógens.

23 de mar de 2009

MAS QUE DROGA!


Esta aqui é do Portal Terra:













Robinho fica magoado com declaração de Pelé

LONDRES - O atacante Robinho ficou magoado com uma declaração de Pelé, que o associou ao uso de drogas - assim como Ronaldo, hoje no Corinthians - em um evento fechado ocorrido na última semana. Por meio de um porta-voz, o jogador do Manchester City, da Inglaterra, classificou a frase do Atleta do Século como "absurda".
- A hipótese dele (Robinho) usar drogas é completamente absurda - disse o porta-voz do atacante.
- Estamos à procura de Pelé para esclarecer essa situação. Para nós, tudo não passa de um mal-entendido - afirmou.
No evento da última semana, Pelé comentou sobre Robinho e Ronaldo após analisar a carreira de Maradona.
- Ele foi um excelente jogador e, infelizmente, vejam o que aconteceu com ele. A maioria dos jornalistas fala em drogas no futebol, mas na verdade são poucos os casos - disse o ex-jogador para, em seguida, falar que Ronaldo e Robinho tiveram problema semelhante ao do argentino - É injusto se falar de droga no futebol só por causa de um ou dois casos, como o que aconteceu com o Ronaldo, com o Robinho que teve esse problema. Por isso, falei que o Kaká é um exemplo, como Platini, Beckenbauer e muitos outros. Tem muita gente boa e é injusto pegar só um caso isolado.
RODAPÉ - Que droga esse Pelé falando. Por que será que Edinho deixou de jogar futebol?!?

DEODÓDUVIDE!


O jornal Folha de São Paulo publicou que o Ministério Público está "negociando" uma delação premiada com Marcos Valério.
Se ele fizer isso, pode encomendar um paletó de madeira igualzinho ao do prefeito petista de Santo André, o Celso Daniel. Quem apagou Celso, apaga Valério.
Só fingir que não viu nada, não adianta; tem que fazer de conta que é surdo e mudo também. Deodóduvide! Do jornal não; de Valério - que é mais fácil.

E A COTA DOS CARECAS NARIGUDOS?!?

Ninguém entende mais nada de índio no Brasil. É pavão? É coruja? É produtor Rural com Terra? Anda todo enfeitado; não fala, mas presta muita atenção; a borduna é um luxo; e tem bala na agulha pra botar o MST pra correr. Já os turistas são bem-vindos.
ENTREMENTES...
Lula da Silva lança oficialmente hoje, em Salvador, a criação do primeiro território rural indígena. A chacrinha vai ser na Raposa Serra do Sol, em Roraima. O projeto é um clone do programa Territórios da Cidadania, que espicha de 60 para 120 as áreas delimitadas pelo governo a serem protegidas por diversos ministérios ao mesmo tempo.

Lula anuncia também a segunda etapa do Territórios da Cidadania. Os ministérios da Justiça e do Desenvolvimento Agrário coordenam o projeto, que tenta fazer trabalhar mais sete pastas. Pelo visto, até a Kolynos vai entrar nessa. O que não é de admirar, posto que é multinacional.

O governo faz festa, mas os militares condenam a iniciativa e já dão sinais de fumaça e tamborilam que ela pode fazer cócegas na cabeça de alguém no sentido de se criar uma nação indígena independente na região, que alcança a área da fronteira.

Lá pelos Pampas - conta hoje o Estadão - o filósofo e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Denis Rosenfield, diz que a criação de um território indígena Raposa Serra do Sol é uma "provocação" desnecessária. E emenda logo: "O Brasil não é uma comunidade de nações. É um ente federativo e o governo federal tem poder total sobre a região".

RODAPÉ - Tá bom, mas o que é que a Mãe do PAC tem a ver com isso?!? Ela é a mãe e não a raposa. E, agora que tem cota para o negro e para o índio, cadê a cota dos carecas e narigudos?!? Eles também são filhos de Deus. Ou então, esse deus brasileiro é paraguaio.

L' OSSERVATTORE PIANISSIMO

Carlos Eduardo Behrensdorf
De Roma

NEM TÃO AFINADOS ASSIM

A União Européia aplica um concreto chega-pra-lá às pretensões dos Estados Unidos para aplicar mais dinheiro público que ajude a abreviar o período crítico da atual crise.
O bem falante e pouco convincente Barack Obama bate numa rocha européia, Ângela Merkel, chanceler da Alemanha.
Como o governo alemão banca planos de estímulo à economia que atingem a cifra de 80 milhões de euros, La Merkel recusa-se a colocar mais dinheiro sobre a mesa e alerta a parceria européia: nada sairá dos cofres até que as medidas já adotadas façam efeito.
Sem muita conversa Ângela Merkel alerta que qualquer estímulo adicional do gasto público dispare o déficit.
Mesmo sem dar os nomes dos santos ela conclui: um grande número de Estados encontra-se em déficits excessivos, o que criará problemas em curto prazo e no futuro. (Carlos Eduardo Behrensdorf, de Roma)

NENHUMA GUERRA É SANTA

Juan Migel Muñoz é repórter do jornal espanhol El País que circula na Europa e se encontra em todas as bancas de Roma. Em sua edição da última sexta-feira o jornal publicou matéria de Muñoz, enviada de Jerusalém e reproduzindo as declarações publicadas no diário israelense Haaretz sobre as experiências de alguns soldados judeus BA última guerra em Gaza, chamada de “operação” pelo governo e pelo exército de Israel.
A seguir reproduzo algumas delas:

  • “Cuando entrábamos en una casa, se derribaba la puerta y disparábamos”.
  • “Cagaban em el interior de las lavadoras o dejaban los excrementos en la nevera.”

Os soldados israelenses deixaram por escrito algumas mensagens nas casas onde não encontraram ninguém:

  • “No tolerância, venimos a aniquilar”.
  • “Muerte a los árabes”.

Quem quiser mais detalhes o endereço do El País é o seguinte: www.elpais.com. (Carlos Eduardo Behrensdorf, de Roma)

MARATONA ROMANA

Espero que a televisão brasileira mostre boas tomadas da maratona de Roma que se realizou neste domingo. Quem vê a competição pelas cenas captadas de um helicóptero tem uma idéia do que é Roma em domingo de sol.
Na prova, as divisões de sempre: no primeiro pelotão disparados na frente, os africanos; no segundo grupo, alguns prováveis candidatos a uma boa colocação e as mulheres. A partir daí, só festa.
E como os romanos são festeiros mesmo, quem fica nas calçadas aplaude todo e qualquer corredor, mesmos aqueles que correm fantasiados de legionários ou em batas e os que demoraram mais de três horas para concluir a prova, mas concluem.(Carlos Eduardo Behrensdorf, de Roma)

LIXO NÃO É LUXO

O repórter Gilberto Costa, da Agência Brasil, diz em trabalho realizado em Brasília que a crise econômica mundial, que afetou a maioria dos setores produtivos, atingiu também a reciclagem de resíduos sólidos no país.

O preço do plástico das garrafas PET, das latinhas de cerveja e refrigerante encontradas no chão ou do papelão que servirá para novas embalagens caiu junto com o valor fixado no mercado internacional para as commodities como derivados de petróleo, alumínio e celulose.

“Nós vemos uma redução da demanda desse material todo por causa da redução de consumo”, explica Izabel Zaneti, professora do Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS) da Universidade de Brasília (UnB). “O petróleo caiu de US$ 160 para US$ 40 o barril, é lógico que isso reduziu o preço do plástico que é extraído do petróleo”, acrescenta. (Até aqui o texto é do repórter da ABr, a foto é de Marcello Casal Jr/ABr).
RODAPÉ - Pronto, na República dos Calamares, acabou-se o que era doce no Programa Lixo é Luxo.

21 de mar de 2009

PACOTES

A FEIRA
Diante da crise que Lula dizia não ser nossa, mas “deles lá”, o governo anda embrulhando um pacote de espertezas por semana. O de agora distribui “casas para os pobres em módicas e suaves prestações mensais de R$ 50”. Um terço de uma bolsa-família das mais simples. O da semana que vem, tome nota aí, pode ser uma benfazeja redução no preço da gasolina. Um gesto de delicadeza que já vem tarde, posto que desde a descoberta do Pré-Sal pelo pré-frio o preço do barril de petróleo está mais baixo que um litro de Johnnie Red. Com a popularidade em queda, haja saco de bondade para agüentar a luta pela recuperação da imagem. Na terceira semana, é bem provável que o governo baixe o preço dos alimentos. É assim que, de semana em semana, ele faz a sua feira... de vaidades. Que sai caríssima para todos nós.


AINDA HÁ
Exoneraram 50 diretores de coisa alguma no Senado. Ainda há 131 diretores de bobeira por lá. Pior: ainda há 81 senadores!

JÁ PRA CASA!
Esses senhores senadores que ainda tentam estufar o peito e dizer que corrupto e desonesto é sempre aquele senhor que vai passando ali defronte, deveriam pegar o boné e voltar pra casa. Não conseguiram sequer notar que havia pelo menos duas diretorias, cheias de diretores e assessores, para cada senador da República?!? Se não têm capacidade para resolver as mazelas de uma casa de tolerância, não podem pretender representar a população em lugar nenhum, em momento algum.

20 de mar de 2009

PIRATARIA


A tal cartilha da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo só poderia ser recolhida mesmo. E sabe-se lá por onde anda a Polícia Federal que ainda não prendeu nem algemou os fornecedores daquela droga aos estudantes paulistas. O Paraguai aparecer em dobro no mapa, não é nada. Todo mundo viu que só poderia se tratar de mais um grosseiro caso de falsificação. Pura pirataria. E pirataria é crime.
RODAPÉ - Os culpados já tem um ótimo argumento como fator atenuante: foram dois Paraguais e não duas Argentinas.

REPÚBLICA CALAMAR



De repente, a Casa do Polvo dá a impressão de que está pegando fogo. Mas, é tudo nuvem passageira. O pior nessa história de botar 181 diretores do Senado no olho da rua é que acabam de mandar embora justamente 50 dos que trabalhavam. Senador que vive flanando, fica numa boa. Do jeitinho que está só pra ver como é que fica.

Tem outra coisa ruim para o governo, nisso de demitirem diretores do Senado: eles agora vão querer seguro-desemprego, Bolsa-Família, essas coisas. Que prejuízo.

O que será que vai fazer agora o Diretor de Anais?!? Se duvidarem, vai procurar vaga numa revenda de lubrificantes. Essa história não está cheirando bem.

Tá, a gente já sabe: o Sarney é só bigode. Já pensou se ele usasse barba que nem o presidente. Os dois poderiam se revezar: um dia Lula ia pro Senado; no outro, Sarney voltava pro Palácio.

E o Renan Calheiros bufa que está na hora do noticiário mudar a agenda com relação ao Senado ”ninguém agüenta mais essa história de demissão dos diretores”. Então tá, vamos mudar de assunto: e a Moniquinha como é vai? E o gado voltou pro curral? Quem não serve para presidir o Senado serve para ser senador?

O petista Tião Viana por um triz não foi presidente do Senado. A Casa do Polvo escapou de mais uma boa: descobriram que ele emprestou o celular senatorial para filha viajar para o México. Mas sua assessoria já informou: é que o aparelho é poliglota, pode ser grampeado por Prótegenes em todos os idiomas. Qualquer dia ela viaja para Hong Kong. Deus nos livre e guarde que ela esqueça o artefato.


Estão queimando o filme do senador Tião Viana só porque emprestou o celular do Senado para a filha viajar pro México. Isso não é nada perto do que o presidente da República já fez pelo Lulinha. Esse pessoal ainda acha que o Brasil é um “Natal extraordinário” permanente: não basta ser pai; tem que participar.

Pronto, não falta mais nada na República dos Calamares: entra em cena o celular corporativo.

Protógenes Queiroz se meteu a algemar Daniel Dantas e olha só no que deu: vai passar por acareação. A CPI viu “contradições flagrantes” nos seu depoimento e agora quer colocá-lo frente a frente com Lacerda. No mínimo, não vai dar em nada; no máximo, dá uma rima.

Uma das cicatrizes mais profundas da Redentora foi o AI-5. De FHC a Lula, não há um dia que não desabe um AI-5 sobre a cabeça da população brasileira. É que os atos institucionais vêm disfarçados com uma cobertura constitucional que atende pelo codinome de Medida Provisória. Naquele tempo fecharam o Congresso Nacional. Hoje, Lula não quer nem de longe sonhar com uma coisa dessas. Quanto mais aberta a Casa do Polvo, melhor para a República Calamar.

PELAS CARONAS

A pesquisa CNI/Ibope foi mais longe que a Datafolha. Enquanto esta diz que o tropeção foi de 5%, o levanta-mento da outra mostra que a avaliação favorável ao governo Lula caiu 9% em dezembro. Então não são nove, são 18 milhões de pessoas que já não gostam mais do jeito que Lula manda no Brasil. Lula ainda sustenta hoje um índice de aprovação muito alto: 64% acham que está tudo bem. Não se esqueça que, uma vez, há muito tempo, quando chegou a primavera de 1986, José Sarney alcançou 73% de simpatia popular. (Foto: DIV/PR).

Os porta-sacos palacianos garantem que a culpa do tombo feio que Lula levou, logo depois do “Natal extraordinário” é toda da crise. Logo essa crise que, segundo o próprio presidente dos calamares, “não é nossa; é deles lá”.

Na verdade, como bem sabe a rede Globo, o povo não é bobo. Enquanto Lula e seus sinistros espalham otimismo e mandam comprar, a massa sente na pele o drama do desemprego, da carestia, da doença pública, da insegurança, do deboche dos poderosos e vendilhões, da falta de educação, da desigualdade perante a lei, da injustiça social.


Trupicando na quebradeira do País de Obama, o governo Lula faz renascer das cinzas da crise global, o velho conceito de que "o que é bom para os Estaods Unidos é bom para o Brasil". Os ianques faliram, então nós também podemos estar falidos. A isso é que se pode chamar de "andar pelas caronas".

CERCADOS PELO PERIGO

Deu nos jornais: Turistas são vítimas de seqüestro-relâmpago em frente ao Congresso Nacional. Família foi rendida pelos bandidos que levaram R$ 1 mil, jóias e celulares.
ENTRELINHAS - E os coitados ainda nem tinham entrado no Congresso.
RODAPÉ - Adivinhe porque a polícia nem se deu conta de que havia ladrões por perto... Apenas adivinhe.

FRITZL PREMIADO

O monstrengo austríaco, Fritzl - pai desnaturado que fez sete filhos na filha que manteve em cativeiro no porão da própria casa por 24 anos, foi premiado com prisão perpétua. Era o que ele mais queria: ficar enfurnado num cubículo solitário, na companhia do bom e velho Onan. Tomara que a coisa lhe suba pra cabeça! E, por favor, não deixem que os outros presidários lhe façam visitas íntimas na solitária. É o fim de mundo com que ele sempre sonhou. (Img.thesun.co.uk).
RODAPÉ - É proibido enviar jornais, revistas, rádio, celular, televisão. Cigarro, pode - desde que não lhe mandem nem emprestem isqueiro ou fósforos.

NOSSA SENHORA!

No rosário populista caiu assim, como se fosse do céu, a promessa de "1 milhão de casas para quem é pobre".Essa reza, como oração eleitoreira, é fraca. Atenderia apenas – se fosse atendida pelos deuses do palanque - aos moradores de rua das grandes cidades.

18 de mar de 2009

ALGUMAS QUETAIS


O papa é contra o uso da camisinha.
O papa não usa camisinha.
O papa é infalível.
A camisinha, não.


LIBERDADE, LIBERDADE!
O governo só pensa agora no tal encontro para debater a comunicação no Brasil. Enquanto não reduzir o jornalismo à mesma submissão que impõe às centrais sindicais e à maioria absoluta dos organismos de defesa da população, esse governo não descansa.

OS NOTÁVEIS
Nada é melhor para a vaidade do turista ocidental do que passear pelas ruas de Tóquio. Lá tudo é japonês. Não tem como você passar despercebido.
ESTABILIDADE DE CARREIRA
Só talento a capacidade não bastam para lhe dar estabilidade na vida. No Brasil de hoje, o único selo de garantia é o concurso público. Você precisa ter um único predicado: ser biom de decoreba na hora da prova. Uma vez aprovado você não precisa saber mais nada. E no fim da carreira ainda vai ser chefe daqueles que sabem.

TIPO ASSIM BARRICHELLO


Lula é o Rubinho Barrichello da crise que não era nossa, mas agora é: “O Brasil foi o último a entrar na crise e vai ser o primeiro a sair dela”. (Foto: R. Stuckert/ Ag.PR)

CLODOVIL PARTIU...

Pois então, Clodovil morreu. O Costureiro do Brasil, irreve-rente, proposital-mente esnobe e com uma língua cortante, não conseguiu ser má pessoa. Tanto é que - mesmo dizendo-se falido - deixou os seus bens para instituições de caridade. Ainda que cercado pelo luxo e requinte que deu ao seu gabinete, jamais se sentiu à vontade na Casa do Polvo, embora tenha chegado lá com o aval de meio milhão de eleitores. Sua partida partiu o partido ao qual teve a ousadia de se filiar pouco tempo depois de eleito. Tão cedo, por mais que procure, o PR não vai encontrar por aí um alfaite com estilo suficiente para desenhar 500 mil votos. Clodovil Hernandes, deputar mesmo, nunca deputou. Debutou.

OPERAÇÃO CANTO DE OSSANHA

Sabe para quando está marcado o depoimento do delegado Protógenes Queiroz sobre os grampos, lá no Congresso? Para 1º de abril. Vale tudo. Festa é festa, meu camarada. Outro dia, de manhã cedo, Protógenes escutou um passarinho cantar. A tropa de elite do governo denunciou para a Polícia Federal que ele tinha grampeado o sabiá. Os Intocáveis já deflagraram a Operação Canto de Ossanha e esperam engaiolar logo o palrador para prestar esclarecimentos.

CASA DE TOLERÂNCIA

LUGAR DE RISCO
A bandidagem é tanta na maior Casa de Tolerância Nacional, que o túnel do tempo deveria chamar-se Linha Vermelha.

136 DIRETORES
Sarney pediu a demissão de 136 diretores do Senado “para moralizar a Casa”. Isso aí: 136 diretores. Dois para cada senador. Melhor seria demitir os senadores e extingüir as diretorias - ou vice-versa: extingüir os senadores. O prejuízo do país sairia pela metade, a Casa até seria capaz de ter alguma utilidade e ninguém notaria a diferença.

TROUXA
Quando Lula não está mandando na Câmara, está mandando no Senado; quando lhe dá na telha, manda nos dois; quando o jogo endurece, Lula entra com uma medida provisória. Trouxa é quem ainda pensa que a democracia passa pelo Congresso Nacional.

VEJA ONDE PISA
Uns comem jornalistas de alcova; outros vagueiam de ambulâncias clandestinas; há os vampiros, sanguessugas, aloprados, oligarcas, vendedores de passagens aéreas, capatazes de rebanhos fantasmas, moradores de castelos, invasores de apartamentos funcionais, portadores de dólares em cuecas, mensaleiros... É nessa enorme casa da mãe Joana que mora o perigo. Afora o Complexo do Alemão no Rio de Janeiro e a Cracolândia, em São Paulo, não há no Brasil área tão perigosa como essa de sermos assaltados a cada passo, a cada metro quadrado. Visite Brasília. Mas vá conhecer a Catedral, o Parque de Águas Minerais, A Torre da Cidade...

A ESTAÇÃO

Brasília não é a terra da corrupção é apenas a estação dos corruptos. Eles vêm de todas as partes do Brasil. Ficam por Brasília três dias por semana e voltam para as suas bases, onde moram, aprenderam e exercitam o seu know how. Brasília é só um distrito-dormitório cosmopolita; um aeroporto livre e desimpedido; um porto seco e seguro para os dignos representantes de cada estado brasileiro. Pior: da sua cidade, companheiro.

17 de mar de 2009

FESTA É FESTA, MEU CAMARADA...


SEM ANÉIS
Zé Dirceu convidou meio-mundo para comemorar seu 63° aniversário. Menos da metade de meio-mundo foi lá. Zé já não é aquele Senhor dos Anéis dos bons tempos de outrora. Diz ele que Lula e Dilma telefonaram para os devidos cumprimentos. É, o tempo passa.

CARDÁPIO
Houve quem quisesse tapióca de tira-gosto. Ninguém pediu paella. Lula é um prato indigesto.


PAGA LO QUE DEVE
Zé fez 63 anos, convidou gente pra caramba. Como sempre, não gastou um tostão. Cada um pagou o que comeu, o que bebeu e o que ouviu.

IMAGINE SÓ
Se quase metade de meio-mundo pagou para ir ao 63º ano de fundação de Zé Dirceu, imagine a alopração que vai ser quando ele fizer 69.

GOSSIP
Na celebração zequiana, poucos oligarcas; muitos aloprados; mensaleiros a dar com um pau. Nenhum bengaleiro.

O LADO BOM DA FESTA
Para quem vê a vida com bons olhos: não se tem notícia de que algum companheiro tenha pago a despesa da noitada com cartão corporativo. Também não se sabe de alguém que tenha bebido e passado pelo teste de bafômetro. Tanto oligarcas quanto aloprados sabem que quem bebe não pode e não deve dirigir. Ainda que seja o país...

MILHAGEM


Roseana Sarney - como diria Fernando Collor - "cisca" na milhagem e nega bancar passagens para amigos.
Não, Collor não diria tudo isso; elle só seria autor do verbo ciscar.Quanto ao resto, é claro: os amigos viajam em poltronas. (Foto: Ag/Câmara).

BOAS NOVAS PARA 2010


FROUXOS DE RISO

Serra e Aécio afirmam que PSDB está unido para 2010. Lula e Dilma dão risada. É tudo o que eles mais desejam.

O DIABO VESTE PRADA

Sob o manto do desprezo displicente à plebe ignara, chega a ser comovente ver como trabalham esses senadores. Aprovaram oito projetos nesses 50 dias de volta à labuta em 2009. Fizeram apenas 30% do que tinham mostrado de serviço no mesmo período do ano passado. E Zé Sarney ainda diz que a Casa do Polvo agora serve de “boi de piranha” para seus observadores. O Marimbondo de Fogo e Temer – o Mordomo de Filme de Vampiro desculpam a inércia dizendo que o “importante não é a quantidade; é a qualidade”. Ah, bom.

MENOS
Suplentes de vereador se movimentam aos borbotões pelo Brasil afora querendo recuperar as vagas que lhes foram suprimidas em boa hora. Alegam que os gastos não vão aumentar. Primeiro: é mentira. Segundo: quem é que disse que o Brasil não merece reduzir à metade os vereadores que ainda lhe resta?!?

NEPOTISMO
Essa Lei do Nepotismo é de um cinismo à toda prova. Entrou em campo para ser driblada. Nepotismo é coisa nossa. Até na iniciativa privada, o nepotismo é preferência nacional. Um velho amigo meu – que morou dois anos em Forte Nauderdale, nos Estados Unidos – me disse uma vez: -
Aprendi com eles que, enquanto o empreendedor americano se cerca de técnicos e de eficácia, o brasileiro carrega seus amigos incompetentes nas costas.

NEPOTIMISMO
Olhando com bons olhos, essa coisa de botarem pra fora os podres do nepotismo na Câmara e no Senado tem um lado bom: quando estoura um escândalo, a família toda entra na roda. É tudo farinha do mesmo saco. Não há ninguém inocente. Todo mundo tem culpa no cartório.

NEPOPESSIMISMO
O lado chato e humilhante dessa bandalha de empreguismo, de arte&manha no Congresso é que, além do escândalo contar pontos para o currículo eleitoral, tudo fica como está só pra ver como é que fica. Tudo dá em nada.

BALA & CAFÉ


Depois do “domin-go em Nova Iorque” da excursão de Lula aos Estados Unidos, Guido Mantega nos fez engolir sua frase de defeito sobre a crise: “Ainda temos bala na agulha”. Para Mantega “temos café no bule” seria menos indigesto. (Foto: DIV/Mfazenda)

RED EM DOSE DUPLA


A banda inglesa
Simply Red
está no Brasil.
Prefiro
uma dose dupla
do escocês
Johnnie Red.

16 de mar de 2009

TANTO, QUANTO...


Lulalá trabalha muito mais do que Lulaqui. O que, em suma, quer dizer nada.
E, pelo jeito, Lula e Obama morreram de rir falando da "extraordinária" crise americana, européia, venezuelana, boliviana, argentina, uruguaia, paraguaia, mundial, “deles lá”, posto que "o Brasil é um país d'outro mundo". (Foto: Reuters)

O BARCO AFUNDANDO E ELES NEM AÍ...

E, então, diante de Barack Obama, ensinando tudo que sabe sobre a crise mundial Lula deu uma de Leonardo DiCaprio: “É como se estivéssemos num transatlântico e esse navio está fazendo água”... E o que mais disse não foi traduzido, mas não foi ouvido.

A não ser pelos passageiros de sua audaz comitiva: Kate Winslet, Billy Zane, Katty Bates, Francês Fisher, Glória Stuart, Bill Paxton, Bernard Hill e mais um elenco interminável de artistas famosos como dona Marisa, dona Dilma, seu Mantega e outros coadjuvantes. Havia também muitos dublês de corpo e alma.


DOMINGO EM NY -
Sem mais o que fazer por lá, e elenco de Lula aproveitou o domingo para passear em Nova Iorque. Bolas, quem do séqüito conhece o Ibirapuera não precisa passar frio no Hyde Park. E os cartões corporativos também estavam lá.


LIBERDADE - E foi por lá que os cartonários luláticos descobriram que liberdade, liberdade, liberdade... é uma estátua de cimento no porto de Nova Iorque.


WE HAVE A DREAM - As autoridades itinerantes da excursão presidencial aos Estados Unidos acham que um dia o sonho dos deuses brasileiros ainda se realiza: o Cristo Redentor carioca vai ser mais venerado do que a estátua da Liberdade americana.

JOGADA


A que ponto chegou o futebol brasileiro. A torcida do Corinthians foi à loucura no domingo, porque o trei-nador “pou-pou” Ronaldo Fenômeno.
O cara tem os dois joelhos quebrados, está mais magro que o Jô Soares, jogou uma partida e meia e não pode nem descansar um joguinho lá que outro, tirar um fim de semana para ir às compras com seu Cartão Corporativo da Fiel nesse “extraordinário” campeonato paulista que a torcida bate pé, reclama e pede malzebier da Brahma.
O Palmeiras até agora não contratou o Edmundo, porque está dando um tempo para refazer as pazes do Animal com Luxemburgo. Seria um lance de marketing tipo assim Ronaldão: nem precisa jogar mais que uma partida lá que outra. Basta desfilar pelo Parque Antártica de vez em quando.

ARQUIVO


O delegado com nome de remédio para dor de cabeça, Protógenes Queiroz continua fazendo mal ao fígado de muita gente.
Voltou a chamar Daniel Dantas de “banqueiro bandido” e a negar que tenha se valido de métodos ilegais para realizar a escuta telefônica de deus-e-o-diabo-a-quatro no Brasil e um pouco mais pra lá do fim do mundo, onde mora a crise.
O delegado diz que grampeou tudo e todos com a devida e prévia “autorização legal”, inclusive a Mãe do PAC dona Dilma Rousseff, o ministro do futuro Mangabeira Unger – que já não acha que o “governo Lula é o mais corrupto da história”, o ex-morador da Casa Civil Zé Dirceu, o governador de São Paulo, tucano Zé Serra e o notável presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, além do bem-sucedido empresário Fábio Luiz da Silva, filho do presidente da República.
Protógenes é hoje, em vida, um arquivo morto. No bom sentido. Desde que algemou Dantas, vem sendo desqualificado em todas as frentes. Sua palavra é que nem o orgulho daquela canção de Erasmo e Roberto Carlos: “não vale nada. Nada”... No jogo político é a legítima carta fora do baralho. A rapaziada vem usando Protógenes com cuidadosa prescrição, em conta gotas. O Sanatório da Notícia recomenda: se persistirem o sintomas, desligue o telefone.

14 de mar de 2009

CEGUEIRA


Então, na barra do tribunal, foi batido o martelo: está decidido que Lula e dona Dilma não fizeram uso eleitoreiro do encontro de 5.500 prefeitos em Brasília.
Agora sim, o Brasil inteiro não tem mais nenhuma sombra de dúvida de que a Justiça é cega.

TORCECARD


Na falta de saber o que fazer, o governo fica inventando coisas. Agora o Ministério do Esporte quer enfiar goela abaixo dos brasileiros a Carteirinha do Torcedor para acabar com a violência nos estádios de futebol. (Foto: Agência Brasil)

Esse douto senhor, quando jovem, deveria ser viciado em tapioca e ser dirigente da UNE, a maior loja de venda de carteirinhas no Brasil. Vamos ver como se comporta o Ministério diante das brigas das torcidas no futsal, no vôlei, no basquete, na bola de gude. É de supor que, nesses casos, a recomendação ministerial deverá ser para o uso obrigatório de cartões corporativos. Afinal, ginásios são menores do que estádios. Têm muito menos torcedores; muito menos eleitores.

Essa da Carteirinha do Torcedor tem algo mais, entre o céu e a terra do que a suspeita que vã filosofia possa levantar de que se trate de alguém querendo mostrar serviço. Nenhuma carteirinha nessa vida nacional sai de graça para os mortais comuns. Muito menos para torcedor de futebol.

PROGRAMÃO


SABADÃO

Que encontrozinho bem mixuruca esse do Lula com o Obama num sábado de manhã, lá em Washington. O cara não ofereceu nem um churrasquinho, sequer uma caipirinha. Aí, conversaram daqui, desconversaram dali e foi cada um pro seu canto, em cada canto uma dor. E o Lulalá, sem mais nada pra fazer... Deveria ter levado o Carlos Minc com ele – pelo menos o clone do David Carradine é chegado a um programa de índio.

13 de mar de 2009

SHOPPING DE BUGIGANGAS POLÍTICAS


Incomodado por que teria acomodado filhos e parentes em apartamento funcional, só porque há muitos anos exerce com proficiência, engenho & arte o cargo de diretor de Recursos Humanos do Senado, João Carlos Zoghbi viu seu mundo cair, pegou as trouxas e se mandou com malas e bagagens. Foi para casa gozar as delícias de um merecido e justo descanso da exaustiva função. Para casa, não. Foi para a mansão de pelo menos R$ 3 milhões que fica num bairro nobre de Brasília, registrada em nome de um dos seus filhos, certamente um garoto-prodígio que deve ter o dom de tirar leite de vaca morta e água de pedra, para poder realizar a compra de um imóvel de tal porte. Quer dizer, seu mundo caiu; a mansão, continua firme e forte.
Zoghbi estava na boca do túnel do tempo para ocupar o cargo de diretor-geral do Senado, que era de Agaciel Maia, afastado há bem pouco por não ter declarado a posse de uma mansão, menor que o castelo de Edmar, porém maior que casa de Zoghbi. João Carlos perdeu a boca, mas não está desempregado, não virou descamisado nem pé-descalço: é funcionário efetivo do maior shopping de bugigangas políticas do país.

E é assim que vai a vidinha no Senado - uma enorme casa de tolerância nacional que, para seu presidente Zé Sarney, está servindo de "boi de piranha" para os que têm a triste e persecutória mania de denunciar as maracutaias dos nobres, impolutos, imunes e impunes parlamentares e servidores, habitantes da Casa do Polvo.

Esses debochados já estão merecendo, há muito tempo, uma boa ferroada de algum marimbondo de fogo. O Sanatório dá um doce para quem flagrar o ilustre servidor batendo o ponto na próxima segunda-feira. (Foto: Divulgação Ag/Senado)

POR QUEM OS SINOS DOBRAM

O técnico mais doméstico do futebol brasileiro, Vanderlei Luxemburgo, será julgado pelo TJE na segunda-feira. Ele pode pegar uma suspensão de até 360 dias por ter ofendido o árbitro Cléber Abade assim que terminou o jogo Plameiras x Corínthians, em Presidente Prudente.

O advogado palmeirense diz que confia na absolvição do notório detrator: "Chamar de covarde não é nada". Como assim? Só se o sujeito é mesmo um pulha, um biltre, um pusilânime para não se sentir ofendido ao dizerem que ele é um medroso.

Imagine os filhos de um Abade vendo e ouvindo o seu pai ser chamado de covarde na frente de todo mundo. E a abadessa, então, o que não deve ter pensado do marido?!? Um ano sem Luxemburgo é pouco para o bem do futebol.

Por quem os sinos dobram nem vale a pena dar tratos à bola. Agora, por quem choram as carpideiras da mídia esportiva do eixo Rio-São Paulo, todo mundo sabe. Desde que Dunga anunciou a mais recente convocação que elas, as viúvas choronas - aos montes - se perguntam e perguntam a todos que craque Dunga deveria ter convocado e não convocou?

Até agora estão esticando a listagem dos grandes craques esquecidos ou desdenhados por Dunga. Esticam daqui, esticam dali e não conseguem dar mão à palmatória: Dunga está certo. Tem sido coerente e sério. E seu trabalho nas eliminatórias para a Copa do Mundo, dá de 10x0 na campanha de Luxemburgo como técnico da Seleção.

As carpideiras, de tanto esticar, vão acabar sendo confundidas com Martas, Marisas, Dilmas e Suzanas que já não sabem mais por onde a para onde se expandir.

SOBERANIA GERAL

Se Charles é príncipe, Lula é rei. Foi ao encontro com os soberanos britânicos, levando a sua coroa.

BELEZA RARA
Depois da visita de Charles e Camila Parker-Bowles é que Lula se deu conta de como dona Marisa Letícia é bonita.
FILIA
Aqui no Brasil agora só se fala em pedofilia. Lá na Inglaterra, a onda é zoofilia. O príncipe casou com o sapo e acha que é uma gata.
ABANICO
E aquelas orelhas de abanico do Charles?!? Parece até que a gente está vendo um daqueles armarinhos de banheiro, com duas portas abertas.

DE BOI A MARIMBONDO...




BICHARADA
Sarney diz que Senado vem servindo de “boi de piranha” para a imprensa e o diabo-a-quatro. O que é um boi para quem tem uma estância? Isso não é nada para quem já foi atacado por “Marimbondos de Fogo”.

MAROLINHA
Os oradores do Palácio que querem ver Dilma no Palácio já admitem que a crise “que não é nossa; é deles lá” já atinge as articulações para a candidatura da Mãe do PAC. Mas eles continuam acreditando que Lula é capaz de eleger até um poste. A queda de 3,6% no PIB neste último semestre já esbugalhou os olhos dos senhores da área econômica do governo e mais ainda: da tropa política. A “marolinha” de Lula está virando Tsunami.

CADÊ
A propósito, cadê o emprego aquele que você tinha. E o seu filho já conseguiu um lugar para colocar o diploma?!? Isso não tem nada de marolinha.

PAC & PAC
Defendendo sua generosidade em transformar Cesare Battisti em refugiado político no Brasil, Genro, o Tarso de Lula na Justiça, disse nesta quinta-feira, em plena Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional que “lamento que, em alguns momentos, tenham assacado contra o despacho que deferi sem analisar o conteúdo de suas afirmações para criar um juízo na sociedade que antecede o julgamento do STF". Se você não sabe ou não se lembra, Cesare Battisti foi condenado à prisão perpétua na Itália por quatro homicídios na década de 70 quando militava no PAC de lá: Proletários Armados pelo Comunismo. Então é isso, qualquer coisa hoje no Brasil que tenha a ver com PAC é intocável e soberana.


VIVA A MULHER!
nesta gloriosa quinta-feira, em Rondônia, o presidente Lula da Silva voltou uma vez mais a rasgar elogios às mulheres e à capacidade delas de executar tarefas antes atribuídas aos homens. Sem fazer uma única e simples menção à Mãe do PAC, Dilma Rousseff - seu nome favorito para a sucessão presidencial - Lula aproveitou a visita que acabara de fazer a um centro de capacitação como gancho para elogiar a mulher. Ele se mostrou para a população de um bairro da periferia de Porto Velho, encantado com o que tinha visto: “um lugar onde mulheres estavam aprendendo a ser soldadoras e pedreiras, atividades que antigamente eram tidas como profissões masculinas”. Lula não falou em Dilma por uma das duas razões, ou pelas duas ao mesmo tempo: temor de mais um processo por antecipação de campanha eleitoral, ou porque não tinha mesmo o que elogiar na candidata do Palácio ao Palácio em 2010.


FOLHA SECA
E o Evo Morales, hein, hein?!? Mordeu folha de coca no púlpito da ONU! O Chávez deve ter ficado se mordendo de inveja. Mas tem uma coisa: nem Evo, nem Chávez distribuíram camisinha no carnaval.


CADÊ FÔLEGO?

Nesse seu último gol Ronaldo Fenômeno não pulou a placa de publicidade nem subiu no alambrado. Também, vocês já estão querendo demais: o cara estava jogando desde o início da partida, pô.